Menos conversinha,
Mais conversão!

Você sabia que para cada R$ 3 mil vendidos, outros R$ 7 mil escapam de visitantes que por alguma razão acabaram deixando o seu site sem finalizar a compra? Os dados são da CartStack, uma das ferramentas líder na recuperação de carrinhos abandonados. Outros estudos apontam que o índice de abandono de carrinho no Brasil chega a cerca de 85%.

Se para o consumidor isso se trata de uma simples desistência de compra, para nós que trabalhamos com e-commerce de moda é uma gigantesca dor de cabeça. Cada carrinho abandonado é uma compra que não foi realizada, mas que ainda tem muito potencial, visto que o consumidor já demonstrou interesse no produto. Para recuperar esse faturamento perdido, ou ao menos uma boa parte dele, você precisa investir em estratégias de recuperação de carrinho abandonado.

calculo

Entendendo os motivos

Para definir quais estratégias adotar, o primeiro passo é saber quais são os motivos que levaram o cliente a não finalizar a compra. Afinal, se ele começou um pedido, mas não concluiu, é sinal de que algo o desmotivou durante o processo. Um levantamento de 2018 feito pela SaleCycle elencou as razões mais frequentes de abandono de carrinho:

  • 34% dos visitantes estavam “apenas olhando”, não estavam prontos para comprar;
  • 23% tiveram algum problema com o frete;
  • 18% só queriam comparar preços;
  • 15% decidiram comprar na loja física;
  • 6% desistiram por falta de opções de pagamento;
  • 4% tiveram algum problema técnico.

É possível incluir nessa lista ainda lista outras opções como: prazo de entrega acima da expectativa do cliente, processo de checkout complexo e confuso, falta de um cupom de desconto e insegurança com relação ao site. São muitas possibilidades e o seu e-commerce precisa estar preparado para lidar com cada uma delas. Confira a seguir algumas dicas.

7 estratégias para recuperar carrinho abandonado

1. Frete grátis, frete fixo, valor reduzido do frete

O valor do frete é um dos principais responsáveis pelo abandono de carrinhos nos e-commerces do mundo todo. Um estudo da empresa britânica Moosend aponta que 60% dos usuários abandonam suas compras nos carrinhos por causa do frete. Já o prazo de entrega mais longo do que o esperado foi a razão citada por cerca de 18% dos participantes da pesquisa.

Ofereça frete grátis para compras acima de um determinado valor. Se a gratuidade não for viável, uma redução no valor do frete ou um frete fixo pode ser uma boa alternativa. É indicado também que o e-commerce trabalhe com, no mínimo, duas modalidades de entrega, disponíveis na maioria das transportadoras: entrega econômica (menor custo e maior prazo) e entrega expressa (menor prazo e maior custo). Assim você oferece ao cliente alternativas de prazos e valores de entrega.

banner-frete-gratis

2. Faça remarketing no Google Ads e Facebook Ads

Quantas vezes você já deixou um produto em um carrinho e minutos depois foi impactado com anúncios no Google e nas redes sociais chamando você para concluir a compra? Estratégias de remarketing são extremamente úteis principalmente nos casos em que o cliente acabou se distraindo na Internet ou se envolvendo com outras atividades e esqueceu de finalizar a sua compra. Ao identificar os consumidores que abandonam o carrinho de compras do seu site, você terá dados para criar estratégias que irão trazer esses consumidores novamente. Invista nelas.

3. Simplifique o processo de checkout

Não há nada mais frustrante do que ter que preencher um extenso formulário na hora de finalizar a compra. Não se esqueça que muitas vezes as compras em um e-commerce de moda são feitas por impulso e se o processo for complicado demais, as chances desse cliente desistir são enormes. Invista em um checkout transparente e completamente limpo, diminuindo assim as etapas da compra. Não exija informações demais, apenas as necessárias para o término da compra.

4. Envie e-mail marketing

Se você acha que ninguém mais lê e-mail e que essa estratégia é ultrapassada, está na hora de mudar de opinião. Um levantamento da Salesforce, que analisou 140 milhões de interações de consumidores, mostrou que 60% dos compradores retornaram ao site para finalizar a compra depois de 24 horas do recebimento de um e-mail personalizado. Dados da Moosend revelam que 45% de todos os e-mails de abandono de carrinho são abertos, 21% de todos os e-mails de abandono de carrinho são clicados e 50% destes cliques levam a uma compra recuperada.

Para que a sua estratégia de e-mail marketing traga resultado, você precisa criar mensagens atraentes e que estimulem a conclusão do pedido. 64% das pessoas decidem se abrirão um e-mail apenas com base na linha de assunto. Por isso, crie linhas de assunto de impacto. Confira alguns exemplos:

  • Salvamos os itens em seu carrinho para você.
  • Você chegou tão longe, [Nome], não desista.
  • Você se esqueceu de mim, [Nome]?
  • Conclua a compra e ganhe X% de desconto
  • Com frete grátis no seu carrinho, fecharia o negócio?
  • Restam poucos itens do seu produto. Finalize a sua compra.
  • O preço baixou. Chegou a hora de concluir o seu pedido.

pinterest

O timing e a frequência dos e-mails devem ser considerados. Uma dica é criar uma sequência de três e-mails para reengajar os compradores, sendo que o primeiro deles deve ser enviado logo na primeira hora. Existem algumas ferramentas no mercado especializadas no envio destes e-mails. Uma delas é a CartStack. Ela faz o monitoramento de carrinho abandonado e envia em tempo real, e-mails personalizados.

Para isso, é só implementar um código específico de rastreamento (fornecido pela plataforma) nas páginas do seu e-commerce e, a partir daí, ele começará a rastrear esse tipo de atividade. A criação dos e-mails pode ser feita por meio do editor de HTML que o CartStack disponibiliza para os seus clientes. Vale a pena testar.

5. Diversifique as opções de pagamento

Um dos motivos do abandono de carrinho é também a falta de opções de pagamento. Se o cliente não encontrar o que ele quer (boleto, crédito, PIX, Paypal, etc), ele pode desistir da compra. Ou ainda se decidir usar cartão de crédito, mas não encontrar sua bandeira entre os ícones exibidos pela loja, vai achar que ela não é aceita. Ofereça a ele todas as opções possíveis de pagamento.

6. Suporte rápido e de fácil acesso

Muitas vezes, o cliente não finaliza a compra por estar com alguma dúvida sobre o produto. Se ele não tiver um bom atendimento nesse momento ou não encontrar facilmente todas as informações de contato, é bem provável que abandone o produto no carrinho. Números de telefone; chat online; endereço físico; e-mail; redes sociais; e comunicadores instantâneos (WhatsApp, Skype etc.), devem estar bem visíveis no seu e-commerce. Além disso, investir em uma boa equipe de suporte é essencial para melhorar a retenção de clientes. Quanto mais você manter esse cliente com você, mais vezes ele vai comprar.

7. Invista em uma boa plataforma de e-commerce

Páginas que demoram a carregar, problemas técnicos e de instabilidade, um layout pouco intuitivo e não responsivo para mobile, deixam os consumidores inseguros e insatisfeitos na hora de realizar uma compra online. Contar com uma plataforma de e-commerce ideal ao seu modelo de negócio e que tenha um suporte disponível para resolver possíveis problemas e apresentar novas soluções, faz toda a diferença na hora de evitar o carrinho abandonado.

São inúmeras as estratégias que você pode adotar para diminuir a taxa de carrinho abandonado do seu e-commerce. O que não dá pra fazer é ficar parado. Não perca o timing e mãos à obra.

Flávia Brito

Redatora da Convertr, Flávia traz na bagagem mais de 15 anos de experiência em produção de conteúdo. Jornalista por formação, é apaixonada por um texto bem escrito. É por isso que This is Us é a sua série favorita. Nas horas vagas é esposa do Henrique, mãe do Gabriel, de 2 anos, e de duas filhas caninas, a labradora Maya e a vira-lata Kika.

Atualizado em 24/06/2021 às 11:32