O que os indicadores do seu e-commerce querem dizer?

Neste artigo você vai conhecer quais os principais indicadores da sua loja virtual e quais as informações que eles te passam. Confira!

Os KPI’s de um e-commerce de moda são os indicadores chaves para o processo de análise da loja virtual. Saber interpretá-los é crucial para determinar quais são os pontos que você precisa monitorar e não podem ficar de fora do seu radar.

Acompanhe quais indicadores você deve analisar.

Taxa de visualização de produtos

Neste caso, existem alguns pontos que você deve ter atenção, como manter o seu e-commerce sempre atualizado, e tome como exemplo a seguinte provocação: um cliente acesse a sua loja e não se interessa pelo produto em sua home page, mas você decide manter esse mesmo produto por diversos dias. Como ele já não se interessou na primeira, segunda ou terceira vez, ele com certeza não irá se interessar no décimo dia. 

Por conta disso, é sempre importante manter o seu site atualizado, pois isso aumenta a chance da sua taxa de visualização de produto aumentar. 

Além disso, você também pode destacar os produtos relevantes e que possuem mais busca, deixar todas as suas ofertas bem claras e ter uma boa estratégia de SEO, deixando a busca mais otimizada. 

Uma boa porcentagem que remete à essa taxa é 65%.

Taxa de adição ao carrinho

Quando o cliente entra na página do seu produto, o próximo passo é adicionar ao carrinho. Nesse caso, você precisa ter um poder de convencimento, então você precisa disponibilizar o máximo de informações sobre o seu produto.

Para isso, deixe o preço bem explícito, mesmo que conte com algum desconto. Mostre se o produto está em estoque ou não. Utilize fotos e vídeos de alta qualidade, para o consumidor ver todos os detalhes do produto. Faça a descrição de forma que o cliente entenda. Disponibilize tabela de medidas e prova social, pois assim o consumidor consegue ver o depoimento de outros clientes.

Para essa taxa, você deve ter um número de no mínimo 6,5%.

Taxa de checkout

Essa é uma das partes mais decisivas para um consumidor concretizar ou não a sua compra. Quanto menos problema ele tiver, maior a chance de concluir o pagamento.

Sendo assim, tenha um checkout otimizado, que faça o consumidor passar o menor tempo possível. Para isso, sempre tenha o cálculo de frete funcionando e certifique-se  que todos os cupons de desconto estão funcionando. 

Além disso, oferecer frete caro e prazo de entrega longo são algumas formas de fazer o cliente desistir da compra, então faça algo que fique bom para ambos os lados. 

Nesse caso, a sua taxa de checkout deve estar na casa dos 45%.

Taxa de finalização

Após a realização do checkout, você precisa se preocupar com a taxa de finalização. Essa é basicamente a última etapa para definir a compra do cliente. 

Para não correr risco de fazer com que ele desista, é importante ter uma plataforma que não tenha casos de travamento. Além disso, oferecer um formulário de cadastro com muitas informações pode afastar o cliente, fazendo com que o número de carrinhos abandonados da sua loja aumente.

Uma das formas de deixar os clientes mais satisfeitos é oferecendo diversas opções de pagamento, pois eles sempre irão procurar a opção mais fácil para o pagamento.

Nessa hora, a sua taxa não deve ser menor que 65%.

Taxa de aprovação

A última etapa é ter a aprovação dos seus clientes. Isso se refere ao quão satisfeitos eles estão com o processo de compra, desde a visita à loja até o pagamento do produto escolhido.

Essa taxa é uma forma de atrair novos clientes, afinal, quanto maior a sua aprovação, maiores as chances de novas pessoas acessarem o seu e-commerce.

Então seguindo nessa linha de raciocínio, a sua taxa de aprovação não pode ser menor que 85%.

Todas essas etapas dão número à Taxa de Conversão, que mostra a porcentagem de pessoas que entraram na sua loja e finalizaram o pedido.

Confira na pirâmide abaixo a diferença de atuar com as porcentagens fora e dentro do padrão citado no texto:

Funil de vendas em e-commerce de moda

Suponhando que o seu ticket médio seja de R$ 300,00:

  • Nas 166 vendas aprovadas você teria um lucro de R$49.800,00 por mês.
  • Nas 315 vendas aprovadas você teria um lucro de R$94.500,00 por mês. 

Agora transforme esses valores para o lucro anual:

  • Com as porcentagens abaixo da média você teria um lucro anual de R$ 597.600,00.
  • Com as porcentagens acima da média você teria um lucro anual de R$ 1.134.000,00.

A grande diferença de valores mostra o motivo de andar com os indicadores com a porcentagem dentro do esperado. 

Faça a análise dos seus indicadores e comece a mudança dentro do seu e-commerce!